Geral | 16/09/2010 09h59

SMO - reportagem resgata a história dos quíntuplos de São Miguel do Oeste


Mudar o tamanho da letra: A+ A-

SMO - reportagem resgata a história dos quíntuplos de São Miguel do Oeste
Pai e Mãe com o filho mais velho e os quíntuplos
– Hoje, é mais fácil criar do que naquele tempo. Mas, com certeza, é mais difícil educar. A opinião é de Terezinha Neoci Imhoof, a primeira moradora de Santa Catarina a dar à luz quíntuplos. Foi em 16 de março de 1982, em São Miguel do Oeste.

Vinte e oito anos depois, uma mãe de Braço do Norte repetiu o feito. No último dia 20, em Florianópolis.

– Vejo pelos netos que as crianças de hoje são diferentes. Eu dava banho, fazia uma bacia de pipocas e eles sentavam no sofá para ver televisão. Nenhum levantava sem eu permitir – recorda Terezinha.

A mãe fala com a autoridade de quem pariu cinco em uma gestação.

– Foi uma bênção colocar eles no mundo. Mas também vê-los crescer, aprender a falar, a caminhar.

E com a serenidade de quem vivenciou simultaneamente cinco infâncias, cinco adolescências, cinco pessoas entrando na fase adulta:

– Eu me sinto vitoriosa, pois consegui dar educação a eles. Meus filhos nunca nos deram problema.

O nascimento dos quíntuplos do casal Terezinha e Ivo Imhoof entrou para a história. A dona de casa tinha 31 anos e o marido, motorista do antigo Departamento de Estradas e Rodagens (DER), atual Deinfra, 29 anos. Foi o primeiro caso no país onde as cinco crianças – três meninos e duas meninas – sobreviveram.

Seis anos antes, o casal havia tido um casal de gêmeos. A menina morreu. Os quíntuplos nasceram de sete meses e a gravidez foi uma surpresa. Terezinha não fez tratamento para a fecundação (o que torna mais incomum a gravidez múltipla) e a ultrassonografia havia mostrado apenas quatro fetos. Por ordem nasceram Daniel, Marcelo, Fernando, Márcia e Juliana.

– Juliana foi a última a chegar. Foi a única que precisou de aparelho para respirar – conta Terezinha.

A mãe ficou uma semana no hospital. As crianças, três meses. Precisavam ganhar peso e era necessária uma grande quantidade de leite materno. A cada três horas Terezinha pisava ao hospital. Mas a quantidade de leite não era suficiente. Mães voluntárias se apresentaram e foi montada uma escala. Com um mês de vida, os cinco começaram a tomar leite em pó.

– Eram latas e mais latas, uma mamadeira atrás da outra.

A chegada dos cinco alterou a vida da família. A casa onde os Imhoof moravam era pequena, com 78 metros quadrados. Faltava banheiro e foi preciso fazer um quarto para os cinco bebês.

A imprensa mostrou esta realidade e campanhas foram desencadeadas no Sul do Brasil. Foram arrecadados material de construção, berços, cobertores, brinquedos. Também foi aberta uma conta bancária.

– Enfrentamos dificuldades, pois não era leite ou roupa para uma criança: era para cinco. Além disso, tinha o mais velho que ainda era pequeno e também precisava de atenção – lembra a mãe.

Para Terezinha, foi graças à solidariedade das pessoas que conseguiram criar os filhos:

– Sempre que um jornalista me procura eu dou toda atenção. Não fosse a divulgação, as pessoas não teriam nos ajudado.

Atualmente, três vivem em Sorriso, no Mato Grosso, e outros dois continuam na casa dos pais em São Miguel.


Fonte: Diário.com
  • Imprimir
  • Entre em contato
  • Enviar por e-mail
  • Comentários
0 comentários
Entre em contato
enviar para o e-mail
0 comentários


MAIS PUBLICAÇÕES


Dólar sobe próximo a 2,5% nesta sexta-feira

Moeda iniciou o dia operando em baixa pelo 4º pregão seguido. Mercado opera em meio a expectativas de mudança na política econômica Após iniciar a sexta-feira (31) em queda, o dólar virou e passou a operar em alta, ganhando quase 2,5% em relação ao fechamento da véspera. Por volta das 16

SMO - SDR anuncia apoio para o Natal Regional

O secretário, Volmir Giumbelli, anunciou que o Governo do Estado irá auxiliar com R$ 16 mil na realização do evento Foi lançada nesta quinta-feira (30), a programação oficial do Natal Regional com o tema “Natal de Encantos” de São Miguel do Oeste.  O ato foi realizado no salã

Catarinense Dudu Fileti vence a fase de batalhas do The Voice Brasil

Com clássico de Freddie Mercury, único representante de SC, foi escolhido pelo técnico Lulu Santos e segue na competição Etapa por etapa, o sonho de poder mostrar o trabalho para todo o país tem se tornado realidade para o músico catarinense Dudu Fileti. Na noite desta quinta-feira, o can

SMO - Abasmo completa 17 anos sábado

A Associação de Basquete de São Miguel do Oeste (ABASMO) comemora, neste sábado (1°), 17 anos de fundação. Um jantar será realizado em comemoração à data. Um informativo contando a história da associação e homenagens também estão na pauta do evento. Durante todo o dia haverá jogos da cate

Acusada de torturar deficiente mental em Rio Negrinho é condenada

Liamar Maia, de 52 anos, recebeu pena de 9 anos pelos atos flagrados em vídeo Acusada de torturar duas irmãs deficientes mentais em Rio Negrinho, no Planalto Norte do Estado, a mulher que deveria cuidar de ambas foi condenada por torturar ao menos uma delas. Liamar Maia, de 52 anos, receb

Belmonte assina convênio com o Governo do Estado para projeto de sistema de esgoto

O Governo do Estado irá aplicar R$ 45 mil nos estudos e elaboração do projeto para o sistema de esgoto sanitário no município de Belmonte O convênio que garante a liberação do recurso foi assinado nesta sexta-feira (31), na Secretaria de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste. Ou

Cascavel - Acidente com van escolar e outros três veículos deixa um morto

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, 15 pessoas ficaram feridas. Batida aconteceu no início da manhã desta sexta-feira (31) Um acidente envolvendo uma van escolar e outros três veículos na manhã desta sexta-feira (31) em Cascavel, no oeste do Paraná, deixou uma pessoa morta e 15 feridos,


HORÓSCOPO



MERCADO FINANCEIRO


Moedas Bolsas
  • Dólar Comercial Carregando...
    Dólar Paralelo Carregando...
    Euro Carregando...


OFERTAS DO PORTAL


12345


FANPAGE




AGENDA DE EVENTOS


08/11/2014
João Chagas Leite
Baile da Família Local: CTG Mate Amargo/ SJCedro

1



CENTRAL DE ATENDIMENTO
+55 49 3644.4443
+55 49 3621.4806


Siga-nos:FacebookTwitter