Geral | 16/09/2010 09h59

SMO - reportagem resgata a história dos quíntuplos de São Miguel do Oeste


Mudar o tamanho da letra: A+ A-

SMO - reportagem resgata a história dos quíntuplos de São Miguel do Oeste
Pai e Mãe com o filho mais velho e os quíntuplos
– Hoje, é mais fácil criar do que naquele tempo. Mas, com certeza, é mais difícil educar. A opinião é de Terezinha Neoci Imhoof, a primeira moradora de Santa Catarina a dar à luz quíntuplos. Foi em 16 de março de 1982, em São Miguel do Oeste.

Vinte e oito anos depois, uma mãe de Braço do Norte repetiu o feito. No último dia 20, em Florianópolis.

– Vejo pelos netos que as crianças de hoje são diferentes. Eu dava banho, fazia uma bacia de pipocas e eles sentavam no sofá para ver televisão. Nenhum levantava sem eu permitir – recorda Terezinha.

A mãe fala com a autoridade de quem pariu cinco em uma gestação.

– Foi uma bênção colocar eles no mundo. Mas também vê-los crescer, aprender a falar, a caminhar.

E com a serenidade de quem vivenciou simultaneamente cinco infâncias, cinco adolescências, cinco pessoas entrando na fase adulta:

– Eu me sinto vitoriosa, pois consegui dar educação a eles. Meus filhos nunca nos deram problema.

O nascimento dos quíntuplos do casal Terezinha e Ivo Imhoof entrou para a história. A dona de casa tinha 31 anos e o marido, motorista do antigo Departamento de Estradas e Rodagens (DER), atual Deinfra, 29 anos. Foi o primeiro caso no país onde as cinco crianças – três meninos e duas meninas – sobreviveram.

Seis anos antes, o casal havia tido um casal de gêmeos. A menina morreu. Os quíntuplos nasceram de sete meses e a gravidez foi uma surpresa. Terezinha não fez tratamento para a fecundação (o que torna mais incomum a gravidez múltipla) e a ultrassonografia havia mostrado apenas quatro fetos. Por ordem nasceram Daniel, Marcelo, Fernando, Márcia e Juliana.

– Juliana foi a última a chegar. Foi a única que precisou de aparelho para respirar – conta Terezinha.

A mãe ficou uma semana no hospital. As crianças, três meses. Precisavam ganhar peso e era necessária uma grande quantidade de leite materno. A cada três horas Terezinha pisava ao hospital. Mas a quantidade de leite não era suficiente. Mães voluntárias se apresentaram e foi montada uma escala. Com um mês de vida, os cinco começaram a tomar leite em pó.

– Eram latas e mais latas, uma mamadeira atrás da outra.

A chegada dos cinco alterou a vida da família. A casa onde os Imhoof moravam era pequena, com 78 metros quadrados. Faltava banheiro e foi preciso fazer um quarto para os cinco bebês.

A imprensa mostrou esta realidade e campanhas foram desencadeadas no Sul do Brasil. Foram arrecadados material de construção, berços, cobertores, brinquedos. Também foi aberta uma conta bancária.

– Enfrentamos dificuldades, pois não era leite ou roupa para uma criança: era para cinco. Além disso, tinha o mais velho que ainda era pequeno e também precisava de atenção – lembra a mãe.

Para Terezinha, foi graças à solidariedade das pessoas que conseguiram criar os filhos:

– Sempre que um jornalista me procura eu dou toda atenção. Não fosse a divulgação, as pessoas não teriam nos ajudado.

Atualmente, três vivem em Sorriso, no Mato Grosso, e outros dois continuam na casa dos pais em São Miguel.


Fonte: Diário.com
  • Imprimir
  • Entre em contato
  • Enviar por e-mail
  • Comentários
0 comentários
Entre em contato
enviar para o e-mail
0 comentários


MAIS PUBLICAÇÕES


Quadrigêmeos de mãe de 65 anos correm risco de vida

Dois dos quatro bebês, que nasceram prematuros, respiram com ajuda de aparelhos Os quadrigêmeos nascidos muito prematuramente de uma alemã de 65 anos apresentam riscos de vida, de acordo com médicos do hospital onde nasceram, em Berlim. Dois dos quatro bebês respiram com ajuda de aparelh

Reunião em Brasília discute recebimento de imigrantes no Sul e Sudeste do país

Representantes de Florianópolis, Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), São Paulo (SP) e Rio Branco (AC) participaram do encontro Representantes municipais e estaduais de Florianópolis, Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), São Paulo (SP) e Rio Branco (AC) se reuniram com a Secretaria Nacional de

Ônibus chega a Florianópolis com mais imigrantes haitianos do que o esperado

Secretaria de Assistência Social aguardava 17 pessoas, mas 31 desembarcaram na Capital Um quarto ônibus vindo do Acre com imigrantes chegou a Florianópolis por volta da 1h desta quarta-feira (27), trazendo 31 haitianos, 14 a mais do que o comunicado pelo governo do Acre à Secretaria de As

Após ter filho, mãe morre com restos da placenta esquecidos na barriga

Os exames apontam que houve erro médico No interior de São Paulo, uma grávida morreu uma semana depois do parto. Os exames apontam que houve erro médico. De acordo com o atestado de óbito, os restos da placenta foram esquecidos na barriga da mulher, o que teria provocado uma infecção gene

F. Beltrão - Primo confessa morte de adolescente de 12 anos

Jorge de Oliveira, 23 anos, confessou a autoria do crime A Polícia Civil de Francisco Beltrão elucidou na madrugada desta quarta-feira (27) o crime em que foi vítima a menor Maria Eduarda Marques de Oliveira, de 12 anos, morta a pauladas no interior do município durante o fim de semana. O

Morre tour manager do U2

Dennis Sheehan acompanhava os U2 há mais de 30 anos. A banda encontra-se em Los Angeles para uma série de 5 concertos Morreu na manhã desta quarta-feira o tour manager do U2, que acompanhava a banda liderada por Bono Vox há mais de três décadas. Dennis Sheehan foi vítima de um ataque do c

Senado aprova MP que muda regras do cálculo do fator previdenciário

Ela estabelece também mudanças nas regras para acesso de cônjuges de trabalhadores à pensão por morte O plenário do Senado aprovou a Medida Provisória 664, que estabelece mudanças nas regras para acesso de cônjuges de trabalhadores à pensão por morte e auxílio-doença. Na Câmara, a MP rece


HORÓSCOPO





OFERTAS DO PORTAL


12345


FANPAGE




AGENDA DE EVENTOS


01/10/2015
Show Indústria Musical
Local: Guaraciaba/SC, na FACIG 2015

02/10/2015
Banda Gospel
Local: Guaraciaba/SC, na FACIG 2015

03/10/2015
Show Chitãozinho e Xororó
Local: Guaraciaba/SC, na FACIG 2015

04/10/2015
Tchê Sarandeio
Local: Guaraciaba/SC, na FACIG 2015

1



CENTRAL DE ATENDIMENTO
+55 49 3644.4443
+55 49 3621.4806


Siga-nos:FacebookTwitter