Policial | 11/12/2013 07h50 - Atualizado em 12/12/2013 10h13

Pinhalzinho - Estupro de jovem pode ter sido cometido por um conhecido da vítima


Mudar o tamanho da letra: A+ A-

Pinhalzinho - Estupro de jovem pode ter sido cometido por um conhecido da vítima
Luciane Zwirtes foi morta aos 17 anos de idade/Foto: Facebook/Arquivo Pessoal

Homem foi visto puxando cabelo da vítima próximo ao local do crime. Até o momento ninguém foi preso

A polícia já ouviu pelo menos 20 pessoas e dois suspeitos de envolvimento no estupro e morte de uma jovem de 17 anos em Pinhalzinho. O crime aconteceu na madrugada de domingo (8). Segundo a Polícia Civil, até a tarde de terça-feira (10), ninguém foi preso. Conforme o delegado responsável pelo caso, Pedro Warpechowski, é possível que o crime tenha sido cometido por um conhecido da vítima. "Se fosse um estranho, ela teria corrido", disse o delegado.

O corpo de Luciane Zwirtes foi encontrado nu e com ferimentos na manhã de domingo (8), em um barranco às margens da BR-282, próximo à casa em que morava com os pais. Segundo a polícia, uma testemunha relatou que viu um homem brigando e puxando os cabelos de Luciane próximo ao local do crime, mas como estava longe achou que era uma briga de casal e preferiu não interferir.

A testemunha ainda relatou à polícia que ouviu muitos gritos, que logo cessaram. "Ele pode ter jogado a vítima de cima do barranco. Vamos aguardar o laudo necropcial e a perícia do IGP para saber se ele estuprou antes ou depois de matá-la", afirma Warpechowski.

Entre as mais de 20 pessoas ouvidas pela polícia estão dois eventuais suspeitos. "As suspeitas não se confirmaram. É muito cedo para conclusões, trabalhamos com diversas hipóteses". Segundo o delegado, diversos objetos pessoais do criminoso e da vítima foram encontrados às margens da rodovia.

Análise

Ele teria fugido a pé e passado por cercas de arame farpado de uma propriedade rural próxima ao local do crime. Por isso, a polícia está analisando imagens de câmeras de segurança de estabelecimentos próximos. Além disso, a polícia também pediu à Justiça quebra de sigilo telefônico e está analisando informações no computador pessoal da vítima. "Estamos fazendo os trabalhos de análise de diversos vídeos do trajeto da via. Ouvimos eventuais suspeitos, alguns conhecidos da vítima e pessoas que têm passagem pela polícia por estupro", comenta o delegado.

O corpo da adolescente foi enterrado na segunda-feira (9), em Pinhalzinho.  De acordo com a polícia, Luciane e uma amiga saíram de casa no sábado (7), por volta das 23h, para ir a uma festa. Elas deveriam voltar até as 3h da madrugada. A  amiga deixou Luciane perto de casa e, posteriormente, constatou que ela não tinha chegado em casa.

A polícia foi acionada e durante a madrugada de domingo (8) policias e familiares realizaram buscas na região. As delegacias de Nova Erechim e de Saudades estão auxiliando nas investigações. Conforme o delegado Pedro Warpechowski, em um ano trabalhando na delegacia de Pinhalzinho, este é o terceiro caso de violência sexual. Nos outros dois casos, os suspeitos foram presos e não houve homicídio.

G1/SC

  • Imprimir
  • Entre em contato
  • Enviar por e-mail
  • Comentários
0 comentários
Entre em contato
enviar para o e-mail
0 comentários


MAIS PUBLICAÇÕES


F. Beltrão - Pais abandonam filho na rua para comprar drogas

O casal já perdeu a guarda de um outro filho, por ser usuários de drogas A Polícia Militar (PM) em rondas pela rua Marília, no bairro Padre Ulrico, em Francisco Beltrão (PR), encontrou uma criança de dois anos e meio, no início da madrugada desta quarta-feira (27), andando sozinha pela re

SMO - Após reclamações buraco no centro da cidade é fechado

O dano foi causado pela Casan, na última semana, em trabalhos de melhoria e manutenção no sistema de abastecimento do município Após uma reclamação feita por comerciantes da rua XV de Novembro, no centro de São Miguel do Oeste, sobre um buraco, aberto pela Casan que causava transtornos, a

Juro do cheque especial é o maior desde 95 e do cartão beira 350%

Taxa cobrada dos bancos no cheque especial é a maior em quase 20 anos. Juro do cartão de crédito é maior da série, que começa em março de 2011 Os juros do cheque especial e do cartão de crédito, duas das modalidades mais caras do mercado, voltaram a subir em abril deste ano, segundo infor

Padre suspeito de desviar R$ 2 milhões de igreja em SP é preso

Osvaldo Palópito, tenente-coronel da Polícia Militar e ex-capelão da Igreja de Santo Expedito, teria bens incompatíveis com sua renda, como um apartamento duplex na Riviera de São Lourenço, praia em área nobre do litoral sul de São Paulo O padre Osvaldo Palópito, 60 anos, tenente-coronel

'Não participei disso', diz pai sobre morte de Bernardo em depoimento

Leandro Boldrini começou a falar ao juiz por volta das 10h30. Outros três réus serão interrogados nesta quarta-feira (27) Após ser recebido com gritos de "assassino" por manifestantes, Leandro Boldrini, pai do menino Bernardo, iniciou seu depoimento por volta das 10h30 desta quarta-feira

Bcão - Setor de Obras realiza melhorias em estradas rurais do município

O setor rodoviário do município de Barracão está a pouco mais de 60 dias sob o comando de Arceni dos Santos, o novo secretario que ficou encarregado, de dar continuidade, nos trabalhos de adequação, das estradas rurais do município.  O setor esta realizando obras em todas as vias, abrindo

Entidades de SC discutem formas de combater embriaguez ao volante

Estado tem média de mortes no trânsito 40% maior que o índice nacional Um evento promovido pela Rede Vida no Trânsito na tarde desta quarta-feira discutirá um dos problemas mais urgentes das estradas catarinenses: a mistura álcool e direção. O 1º Encontro Catarinense de Segurança Viária,


HORÓSCOPO





OFERTAS DO PORTAL


12345


FANPAGE




AGENDA DE EVENTOS


01/10/2015
Show Indústria Musical
Local: Guaraciaba/SC, na FACIG 2015

02/10/2015
Banda Gospel
Local: Guaraciaba/SC, na FACIG 2015

03/10/2015
Show Chitãozinho e Xororó
Local: Guaraciaba/SC, na FACIG 2015

04/10/2015
Tchê Sarandeio
Local: Guaraciaba/SC, na FACIG 2015

1



CENTRAL DE ATENDIMENTO
+55 49 3644.4443
+55 49 3621.4806


Siga-nos:FacebookTwitter