Geral | 24/01/2014 12h22 - Atualizado em 24/01/2014 16h07

Delegado faz cirurgia de mudança de sexo e pode assumir posto na Defesa da Mulher, em Goiás


Mudar o tamanho da letra: A+ A-

Delegado faz cirurgia de mudança de sexo e pode assumir posto na Defesa da Mulher, em Goiás
No final do ano passado, Laura publicou fotos do novo visual no Facebook Foto: Arquivo Pessoal / Facebook

Desde o final de outubro Laura já exibia o novo visual nas redes sociais, contrastando com a imagem pública do então delegado Thiago

Uma cirurgia de mudança de sexo, realizada na Tailândia, é o assunto do momento nos bastidores da segurança pública de Goiás. Há cerca de seis meses, um delegado de Polícia Civil entrou de licença médica, viajou até a Ásia, onde submeteu-se à mudança de sexo, da qual ainda se restabelece. Em fevereiro, quando deverá voltar ao posto, no lugar do delegado Thiago de Castro Teixeira, quem assumirá será a delegada Laura de Castro Teixeira.

E Laura reassumirá com a possibilidade de lotação na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (Deam) Central de Goiânia, onde a titular, Ana Elisa Gomes Martins, carente de reforço, garante uma boa recepção. "Se ela vier, será recebida com profissionalismo e para atender uma grande demanda de um público carente", informa a delegada Ana Elisa, que chefia uma especializada com três delegadas adjuntas e quatro plantonistas, todas sobrecarregadas pela violência contra a mulher.

A mudança de nome de Thiago para Laura foi autorizada pela Justiça e por isso o novo registro civil do delegado passou a ser do sexo feminino. No Facebook, desde o final de outubro, Laura já exibia o novo visual, contrastando bastante com a imagem pública do então delegado Thiago, geralmente usando terno, camisa de mangas compridas e outras peças todas do vestuário masculino.

Na foto mais recente, postada em 13 de dezembro, a delegada aparece com o rosto maquiado e vestida com a camiseta preta padrão com o timbre da Polícia Civil, muito utilizada pelos policiais da corporação durante operações. Os cabelos longos e bem escovados nem de longe lembram as madeixas desalinhadas e amarradas, geralmente em um rabo de cavalo, mantidas presas sempre que concedia entrevistas sobre casos policiais.

A história foi revelada nesta quinta-feira, 23, pelo jornal Diário da Manhã (DM), que dá como certa a posse dela como delegada da Mulher de Goiânia. A reportagem mostrou a surpresa de alguns ex-colegas de trabalho com as mudanças feitas por Thiago. "O delegado era implacável em ações que exigiam demonstração de ''macheza'' e sua conduta era de um homem que exalava testosterona, não de um indivíduo que pudesse mudar de sexo e vir a se tornar uma figura feminina", declarou um escrivão ouvido.

Policial tido como sério, com atuação firme nas operações de combate à criminalidade promovidas pela Polícia Civil, onde ingressou há cerca de quatro anos, Thiago foi delegado titular das cidades de Trindade e Senador Canedo, ambas na região Metropolitana de Goiânia. Também atuou como coordenador do grupo especial de repressão a narcóticos (Genarc) da cidade de Porangatu, no Norte de Goiás.

Outros detalhes pessoais sobre a vida do policial que vieram a público com a mudança de sexo, dizem respeito ao passado de Thiago, que foi casado e tem dois filhos.

À reportagem, uma fonte da Polícia em Goiânia informou, solicitando o anonimato, que a mudança de sexo "não foi uma surpresa de agora, já que a licença e a viagem à Tailândia eram sabidas de algumas pessoas há alguns meses". A fonte sinalizou que, nos bastidores da corporação, a condição do delegado era conhecida, "mas não comentada amplamente, inclusive porque ele tem uma atuação linha dura".

O caso é tratado com cuidados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP). A assessoria de imprensa da Polícia Civil evitou informar os contatos da delegada Laura. Segundo a assessoria, o diretor geral da PC, delegado João Carlos Gorski, não comentará o caso, justificando se tratar de assunto pessoal "que não afetará em nada a parte administrativa" do cargo exercido pela delegada, já que houve autorização judicial para a mudança de nome. Ainda segundo a assessoria, não há definição - por enquanto - sobre a próxima lotação de Laura, indicando que não está confirmada ou descartada uma atuação como delegada da mulher.

Na Delegacia da Mulher, tradicionalmente, a maior parte dos postos de delegados é ocupada por mulheres, mas algumas vezes já foram ocupados por homens. Na Especializada, homossexuais homens, como travestis, não são atendidos. O atendimento é exclusivo para mulheres, entre as quais lésbicas vítimas de violência. 

Estadão 

  • Imprimir
  • Entre em contato
  • Enviar por e-mail
  • Comentários
0 comentários
Entre em contato
enviar para o e-mail
0 comentários


MAIS PUBLICAÇÕES


Catarinenses podem justificar ausência nas eleições pela internet

Inédita, ferramenta online pode ser acessada por catarinenses e gaúchos. Prazo para justificar o voto pela internet segue até o dia 28 de novembro Os catarinenses que não compareceram às urnas nas eleições do dia 5 de outubro poderão justificar a ausência pela internet até o dia 28 de nov

Cartões de confirmação do Enem começam a chegar na segunda

O aluno que não receber o cartão ou não conseguir imprimi-lo pela internet deve entrar em contato pelo telefone 0800 61 61 61 Os candidatos do Enem 2014 começarão a receber, a partir da próxima segunda-feira (27), os cartões de confirmação da prova. Os Correios já deram início à distribui

Multas nas estradas vão subir até 900% a partir de novembro

O maior aumento será para quem trafega em pista simples e força a ultrapassagem Os motoristas que forem flagrados fazendo ultrapassagem perigosa terão que desembolsar R$ 1.915,40 a partir de 1º de novembro, data em que entra em vigor a Lei Federal que altera o Código de Trânsito Brasileir

Brasileira recebe pedido de socorro junto com encomenda da China

Escrito a mão, bilhete diz "sou escravo, me ajude" "Sou escravo, ajude-me". O pedido, em inglês, veio acompanhado de uma blusa que a moradora de Águas Claras, no Distrito Federal,  Sandra Miranda, recebeu na  quinta-feira (23). A encomenda foi feita no site chinês AliExpress, famoso por v

TSE proíbe Veja de fazer propaganda de capa

Reportagem da revista diz que Dilma e Lula sabiam de esquema de corrupção na Petrobras O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu liminar na noite de sexta-feira (24) que proíbe a editora Abril, responsável por publicar a revista Veja, de fazer propaganda em qualquer meio de comunicação

Confira as matérias destaques na última semana

Reportagens, imagens e personagens que estão em destaques na últimas semana.  Esta matéria é composta por links de informações que foram destaques. Clique nos links e relembre os fatos.   GATA PORTAL Mikaela de Oliveira Confira o ensaio fotográfico pelas pelas lentes de Tatiane Wajand

Bcão – Projeto APAC ganha 1° Lugar do prêmio Prêmio Mundo Melhor Innovare

Projeto APAC ganha 1° Lugar do prêmio Prêmio Mundo Melhor Innovare, entre 334 projetos inscritos. Na tarde de sexta a Dra. Branca esteve nas instalações da Apac em Barracão/PR, para apresentar aos recuperandos o Prêmio ganho pelo projeto APAC Foi realizado na quinta-feira (23), em Dois Vi


HORÓSCOPO



MERCADO FINANCEIRO


Moedas Bolsas
  • Dólar Comercial Carregando...
    Dólar Paralelo Carregando...
    Euro Carregando...


OFERTAS DO PORTAL


12345


FANPAGE




AGENDA DE EVENTOS


25/10/2014
Nega Fulô
Local: Nova Farol/ SMOeste/ SC

1



CENTRAL DE ATENDIMENTO
+55 49 3644.4443
+55 49 3621.4806


Siga-nos:FacebookTwitter