Notícias

E o que houve com o Varejo?

Em suas colunas, Fred Santos trará informações valiosas sobre economia, gestão e negócios!

E o que houve com o Varejo?
Foto: Arquivo pessoal | Frederico S. Damasceno, colunista do Portal São Miguel, do Grupo Tri de Comunicação

Schuman

A Schuman, empresa catarinense, divulgou na segunda-feira (12) um comunicado em que fechará até o final de junho 29 lojas devido a crise causada pela inflação e juros altos desde o ano retrasado. A empresa atua com móveis, eletrodomésticos, entre outros itens.

“A SCHUMANN, rede que atua desde 1997 na área de varejo no sul do Brasil, vem à público prestar as seguintes informações em respeito aos seus princípios de transparência e lealdade com todos os seus stakeholders. Até o fim deste mês de junho a SCHUMANN encerrará as atividades de 29 lojas em sua área de atuação. Essa indesejável decisão foi tomada em face do cenário econômico em que se encontra o país, resultante da perda do poder de compra dos consumidores, do crédito mais caro e do endividamento das famílias. A associação desses fatores impactou negativamente o consumo de bens duráveis e ampliou de maneira preocupante a inadimplência geral, não só no varejo, mas em todas as áreas da economia. A SCHUMANN agradece imensamente o apoio de seus colaboradores, os quais foram essenciais para a expansão da empresa nesses 26 anos de crescimento e informa que está trabalhando para realocar, conforme as possibilidades, os recursos humanos nas filiais que continuarão operando, de modo a minimizar os custos sociais da reestruturação anunciada. A SCHUMANN segue acreditando no empreendedorismo, comprometida com a geração de empregos e com o crescimento de forma sustentável, convicta de que em breve haverá superação do presente quadro de dificuldades macroeconômicas.”

Esta foi a nota de André Leonardo Schumann, o fundador e presidente do grupo.

Lojas Americanas

Nesta terça-feira (13) o comunicado divulgado das lojas Americanas assumiu a existência de fraude em seus balanços supera os R$ 20 bilhões apontados, em janeiro, por Sergio Rial, ex-CEO da companhia.  Segundo divulgação a fraude é de aproximadamente R$ 50 bilhões

Segundo este comunicado a Americanas tinha adulterado a contratação de bônus junto à indústria. Esta ação é considerada uma prática comum no varejo, quando fabricantes dão descontos para grandes encomendas. E o documento apontou como VPC (contratos de verba de propaganda cooperada e instrumentos similares. Isto significa que o nome do fabricante aparecia em campanhas da Americanas, que por isso recebia um desconto na compra dos produtos. Entretanto, esses descontos nunca foram concedidos de fato.

Segundo o comunicado, o relatório apresentou no balanço patrimonial a seguinte justificativa “contratos de VPC criados ao longo do tempo, os quais não tiveram lastro financeiro associado, se deram majoritariamente na forma de lançamentos redutores da conta de fornecedores, totalizando, em números preliminares e não auditados, o saldo de R$ 17,7 bilhões em 30 de setembro de 2022. A diferença de R$ 4 bilhões teve como contrapartidas lançamentos contábeis em outras contas do ativo”.

Outra informação divulgada pela empresa que foram identificados lançamentos redutores da conta de fornecedores oriundos de juros sobre operações financeiras, que deveriam ter transitado pelo resultado da companhia ao longo do tempo, totalizando R$ 3,6 bilhões em números preliminares e não auditados.

Diante dos fatos, a empresa vem buscando se comprometer com os credores para construir um consenso em torno do Plano de Recuperação Judicial, que ainda está sujeito a revisões e ajustes. Ainda não foi definido pela empresa um plano que contemple as visões e interesses dos stakeholders.

Outro compromisso da empresa, se refere aos três principais acionistas da Americanas: Jorge Paulo Lemann, Carlos Alberto Sicupira e Marcel Telles. Eles concordaram em limitar a venda de suas ações na companhia pelo período de três anos. Essa restrição é uma condição para o acordo entre a empresa em recuperação judicial e seus credores.

E que a economia comece a dar sinais de recuperação, visto que notícias deste tipo impactam na produção e geração de empregos prejudicando a nossa, já, difícil situação socioeconômica.  

Por Fred Santos

 

:::Confira mais Artigos:::

 

 

 

----------------------
Receba GRATUITAMENTE nossas NOTÍCIAS! CLIQUE AQUI
----------------------

Envie sua sugestão de conteúdo para a redação:
Whatsapp Business PORTAL SMO NOTÍCIAS (49) 9.9979-0446 / (49) 3621-4806

Cotações

Dólar Americano/Real Brasileiro

R$ 5,46

Dólar Americano/Real Brasileiro Turismo

R$ 5,64

Dólar Canadense/Real Brasileiro

R$ 4,01

Libra Esterlina/Real Brasileiro

R$ 7,09

Peso Argentino/Real Brasileiro

R$ 0,01

Bitcoin/Real Brasileiro

R$ 317.631,00

Litecoin/Real Brasileiro

R$ 378,50

Euro/Real Brasileiro

R$ 5,95

Clima

Sexta
Máxima 11º - Mínima 3º
Céu nublado

Sábado
Máxima 12º - Mínima 4º
Céu nublado com chuva moderada

Domingo
Máxima 12º - Mínima 6º
Céu nublado com chuva fraca

Segunda
Máxima 15º - Mínima 5º
Céu nublado

Terça
Máxima 19º - Mínima 6º
Céu nublado

Sobre os cookies: usamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.