Notícias

Inadimplência em Santa Catarina

Inadimplência em Santa Catarina
Foto: Arquivo pessoal | Frederico S. Damasceno, novo colunista do Portal São Miguel, do Grupo Tri de Comunicação

FECOMÉRCIO

Segundo a Peic (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência) realizada pela Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) de Santa Catarina, na segunda-feira (23)  mostrou os nove municípios com a população mais endividada do estado (Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Joaçaba, Joinville, Lages e São Bento do Sul).

Segundo a pesquisa no 3º trimestre deste ano, as cidades catarinenses selecionadas continuam mostrando elevado nível de famílias endividadas, de inadimplentes e até mesmo de famílias que não teriam condições de pagar suas dívidas. Deve-se ressaltar que desde o ano passado há um movimento de escalada dessas taxas tanto no cenário estadual quanto no nacional.

 

Endividamento

Os maiores índices de endividamento nas cidades catarinenses foram observados em Blumenau (87,2%), Itajaí (84,8%), São Bento do Sul (83,4%), Chapecó (82,8%) e Lages (82,8%). Segundo o boletim destes 5 municípios, 4 permanecem no topo do ranking do endividamento pelo 3º trimestre consecutivo: Blumenau, Itajaí, Lages e São Bento do Sul.

No tocante a inadimplência, os dados são preocupantes, visto que as 9 cidades apresentaram taxa de inadimplência acima dos 20% pelo 2º trimestre seguido, além do mais, em três delas o indicador está acima dos 30%: Itajaí (35,1%), São Bento do Sul (32,0%) e Florianópolis (30,1%). Já por outro lado, o menor percentual de famílias inadimplentes é registrado em Joaçaba (20,4%).

:::: Siga no Instagram :::

Representante do Oeste

Chapecó é a sétima cidade no ranking das cidades com maior inadimplência no estado com o índice de 22,4% seguida das cidades de Joinville com 22,3% e Joaçaba com 20,4%.

Deve-se salientar que em 4 das 9 cidades pesquisadas o índice de endividamento apresentou crescimento na passagem do trimestre, enquanto nas outras cinco ele decaiu. A maior variação positiva em pontos percentuais foi registrada na cidade de Chapecó com 3,3% seguida de Blumenau com 2,8%. Ao considerarmos as maiores variações negativas ocorreram em Lages e Joinville em 5,1% e 3,9% respectivamente.

Os Chapecoenses apresentaram neste 3º trimestre deste ano o menor índice percentual, 4,7%, de famílias que não terão condições de pagar suas dívidas. As outras cidades que tiveram um percentual menor são: Joinville (7,2%), Joaçaba (8,6%), Criciúma (9,2%) e Blumenau (9,3%).

Merece ser citado que as cidades que tiveram o maior índice nesse quesito: Lages (11,6%), São Bento do Sul (13,8%), Florianópolis (14,5%) e Itajaí (16,6%).

 

Tempo médio de pagamento em atraso

Quanto ao tempo médio de pagamento em atraso, os dados no 3º trimestre oscilou de 58,5 dias em Joaçaba a 69,3 dias em Itajaí. Na pesquisa cinco cidades reduziram o tempo médio, com destaque para Joaçaba que diminuiu em -12,8 dias. No outro extremo, Blumenau aumentou 7,0 dias

Por fim, o relatório destaca que “No entanto, deve-se ressaltar que o nível de endividamento por si próprio não é um mal para a economia, uma vez que consumidores mais seguros de sua situação econômica fazem uso de crédito e compram de forma parcelada. O problema surge quando os endividados não conseguem honrar seus compromissos, passando assim para o grupo dos inadimplentes.”.

Confira a pesquisa completa >>> https://www.fecomercio-sc.com.br/pesquisas/pesquisa-trimestral-de-endividamento-e-inadimplencia-do-consumidor-outubro-2023/ 

 

Por Frederico S. Damasceno

 

----------------------
Receba GRATUITAMENTE nossas NOTÍCIAS! CLIQUE AQUI
----------------------

Envie sua sugestão de conteúdo para a redação:
Whatsapp Business PORTAL SMO NOTÍCIAS (49) 9.9979-0446 / (49) 3621-4806

Cotações

Dólar Americano/Real Brasileiro

R$ 5,45

Dólar Americano/Real Brasileiro Turismo

R$ 5,64

Dólar Canadense/Real Brasileiro

R$ 4,00

Libra Esterlina/Real Brasileiro

R$ 7,07

Peso Argentino/Real Brasileiro

R$ 0,01

Bitcoin/Real Brasileiro

R$ 316.343,00

Litecoin/Real Brasileiro

R$ 377,62

Euro/Real Brasileiro

R$ 5,95

Clima

Sexta
Máxima 11º - Mínima 3º
Céu nublado

Sábado
Máxima 12º - Mínima 4º
Céu nublado com chuva moderada

Domingo
Máxima 12º - Mínima 6º
Céu nublado com chuva fraca

Segunda
Máxima 15º - Mínima 5º
Céu nublado

Terça
Máxima 19º - Mínima 6º
Céu nublado

Sobre os cookies: usamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.