Notícias

"APRENDA A DIZER NÃO” é o tema principal da coluna de Roger Brunetto desta semana

O graduado em Jornalismo e Direito também divulga que a Previdência Social no Brasil custa hoje R$ 400 BILHÕES. Além de vários outros assuntos, comenta sobre o que pensa sobre o Big Brother e cita dois pensamentos do filósofo John Kenneth que é um dos seus favoritos

"APRENDA A DIZER NÃO” é o tema principal da coluna de Roger Brunetto desta semana
Foto: Graduado em Jornalismo e Direito, Roger Brunetto

Essa coluna é uma produção independente e não representa a opinião do veículo de comunicação

 

 

APRENDA A DIZER NÃO I

Assisti um breve vídeo de Gilberto de Souza. Ele é referência em liderança, transformação cultural e desenvolvimento humana.

Lembrou que, na infância, tinha imensa dificuldade em dizer não ao seu pai que era muito autoritário. As consequências ao contrariá-lo eram severas.

Outro motivo, de elevada consideração, é que tinha BAIXA AUTOESTIMA. Então, para agradar as pessoas, ser aceito por elas e não as deixar magoadas dizia sim, quando, na verdade, sua vontade era ter dito não. E isso é muito comum de acontecer com inúmeras pessoas.

 

APRENDA A DIZER NÃO II

Para aprender a dizer não, aconselha Gilberto de Souza, a pessoa precisa elaborar uma lista concreta de tudo o que é importante para ela. Do que realmente é prioridade em sua vida. Tudo com ampla clareza.

Desta forma, dirá SIM sempre que surgirem oportunidades para o que estabeleceu como metas e NÃO para o que nada acrescenta, possa atrapalhar ou que dificulte a alcançar o objetivo traçado.

 

APRENDA A DIZER NÃO III

Mas não é só isso. É preciso treinar a capacidade de dizer não. Tipo ganhar musculatura. É necessário dizer não para pessoas e situações quando se sinta minimamente desafiado.

É como uma criança quando começa a dar os primeiros passos. Inicia de forma gradativa. Com o passar do tempo a pessoa não se sente desconfortável ao dizer não a um amigo, por exemplo.

Dizer sim, quando, na verdade, queria dizer não é como se você tivesse “matando um pedacinho de si próprio”. Tira sua alegria de viver. E para se livrar disso aprender a se posicionar é fundamental.

 

BIG DECADÊNCIA            I

Não foi por caso que nos anos 1960 o embaixador brasileiro na França, Carlos Alves de Souza Filho, afirmou que “o Brasil não é um país sério”. Aliás, frase erroneamente atribuída ao presidente francês da época, Charles de Gaulle.

E mesmo após tantos anos o comentário ainda é válido. Na verdade, até mais para hoje do que quando proferido. A 24ª edição do Big Brother é uma demonstração.

 

BIG DECADÊNCIA            II

Há 24 anos consecutivos este lixo é exibido. E se isso acontece é por que, obviamente, tem audiência. É uma evidência no nível cultural da maioria dos brasileiros.

Se os admiradores dessa porcaria dedicassem o valioso tempo assistindo o BBB lendo um bom livro estariam aprimorando seu conhecimento.  Mas sei que sugerir isso é inócuo. 

O indicador do combustível do nível intelectual da imensa maioria dos telespectadores do “BBBaboseira” está na reserva. Em muitos o ‘tanque’ esvaziou faz tempo. Em outros sempre esteve vazio.      

Quem festeja idade nova amanhã é o migueloestino, grande amigo e muito boa gente Lawson Abel Gambatto. Ele morou em São Miguel até o início de 2005. Atualmente reside em Passo Fundo, onde é sócio proprietário da concessionária Peugeot de lá.Também é sócio proprietário das revendas Peugeot e Citroen em Erechim e Lages. Lawson mantém vínculos muito fortes com São Miguel onde tem inúmeras amizades

DÉFICIT NA PREVIDÊNCIA

O déficit na Previdência Social hoje no Brasil custa R$ 400 bilhões, conforme divulgado no site Valor Econômico. Desembolso equivale a 4% do PIB. Especialistas alertam para necessidade de nova reforma.

Em relação as aposentadorias, engloba os três regimes. Trabalhadores da iniciativa privada, servidores públicos federais e militares. Todos apresentam déficits.

 

PREOCUPANTE

Hoje, no Brasil, conforme divulgado pelo analista e youtuber Rob Correa, mais de 11 milhões de pessoas não trabalham nem estudam. Ou seja: não contribuem com a Previdência Social.

Ainda, segundo Rob Correa, 39 milhões de brasileiros trabalham de maneira informal. Isso significa que não recolhem nada para o INSS. 

 

VIVA OS INCULTOS

A evolução intelectual de um povo é o seu maior patrimônio. A maior tragédia é não a cultivar.

Lastimável, porém, que não é de hoje que a maioria das pessoas maltrata quem pensa e idolatra idiotas.

                 

 INOPORTUNAS

A intromissão na vida de uma pessoa, que não está prejudicando ninguém, é abominável.

E o pior é que dizem que querem ajudar. Deixar de “auxiliar” seria uma preciosa contribuição.  

 

CONSTATAÇÃO

Há pessoas que são tão invejosas que se você falar que vai morrer é capaz de se matarem primeiro.

Aliás, algumas pessoas consomem muito ar pelo que oferecem de retorno.

                 

FICA A DICA

Elogiar é diferente de bajular. Os aduladores enaltecem reiteradamente e em público.

Isso, além de deprimente, desagrada até o alvo dos “fajutos confetes”.

 

A PROPÓSITO

Shopenhauer, ainda no século XIX, observou: “Se um cão não suporta ser tratado com excessiva bondade, imagina o ser humano”.

O pensamento do filósofo germânico, do qual sou admirador, mesmo que proferido há tantos anos, sempre esteve em voga.  

EM TEMPO:  Ele se refere bondade em adular demasiadamente. Tipo assim: “Viver puxando o saco enche o saco”.

 

OLHO VIVO; FARO FINO

Quando determina situação está muito quieta, o que está por vir pode ser de um barulho ensurdecedor.

 

NÃO PERCA TEMPO

O resultado em dizer a verdade e mentir, independente do que se trata, para uma pessoa que já o rotulou de forma negativa será o mesmo. Ela nem prestará atenção no que diz. E se ouvir certamente vai pesquisar ou averiguar com outros se procede ou não.

Mas, mesmo sendo verídico, com requintes de detalhes, o que você disse ou tendo ampla razão, perante a ela nunca terá credibilidade. A realidade é essa. Nua e crua.

Afaste-se de quem lhes desmerece. Ignore-os. Aproxime-se de que reconhece seu potencial.

 

SÁBIAS CONSTATAÇÕES

Uma das citações do filósofo e escritor estadunidense, John Kenneth Galbraith, diz que: “Na escolha de mudar a mente e provar que não há necessidade disso, a grande maioria das pessoas fica ocupada nesta prova”.

O autor da clássica obra literária ´1929 – A Grande Crise’, também acrescenta que: “Uma decisão ´errada´ não é para sempre, pois pode ser revertida. Já os prejuízos resultantes de uma decisão ´tardia´ são para sempre e nunca poderão ser recuperadas”. 

 

TRÊS ANOS DEPOIS DE DEIXAR O PAÍS

A Ford parou de produzir no Brasil em janeiro de 2021. Na semana passada, o reconhecido e influente engenheiro eletricista e mecânico, além de automobilista e jornalista, Boris Feldman, assegurou, em um podcast qual teria sido o verdadeiro motivo da saída. Afirmou ele:

“A montadora, nos últimos anos, acumulava um prejuízo diário na América do Sul em torno de 1 milhão e 500 mil dólares POR DIA.  No final de CADA ANO a perda era de 500 milhões de dólares”.

Ainda, conforme Feldmann, a capacidade de produção de veículos da Ford no Brasil “era de quatro a cinco milhões por ano, mas há muito tempo o número não ultrapassava dois milhões”.

Ele acrescenta que depois que a Ford se tornou importadora para o Brasil, além de deixar de amargar tamanho prejuízo, começou a lucrar já em 2022 e aumentou significativamente no ano passado, conforme, segundo Feldmann, relatório da multinacional.

 

E COMO DISSE O ILUSTRE (o cafajeste)

Sempre aparece muita gente como ‘fome’ quando a ‘comida’ já tem dono.

 

HÁ DEZ ANOS

Nada contra quem toma cervejas em estacionamentos ouvindo música - desde, é claro, que o volume esteja ‘dentro dos limites’. Agora, quebrar garrafas é atitude de gente baixa. De quem quer chamar a atenção e não sabe como.

E muitos fazem isso nas tardes/noites de domingo na Avenida Willy Bart, importunando moradores próximos. Além disso, transitam pela via veículos de inúmeras partes do Brasil. Sem contar os paraguaios e argentinos. ‘Certamente’, em suas bagagens, incluem, também, uma ‘ótima imagem da cidade’ por causa de alguns irresponsáveis.

 

THE END

“Deus nos guia em nossa jornada, mas tenha cuidado com quem tu andas”. Parte da letra de ‘Stay Froty’ – Van Halen.

 

:::::Confira mais artigos, AQUI!::::

 

Por Roger Brunetto

----------------------
Receba GRATUITAMENTE nossas NOTÍCIAS! CLIQUE AQUI
----------------------

Envie sua sugestão de conteúdo para a redação:
Whatsapp Business PORTAL SMO NOTÍCIAS (49) 9.9979-0446 / (49) 3621-4806

Cotações

Dólar Americano/Real Brasileiro

R$ 5,18

Dólar Americano/Real Brasileiro Turismo

R$ 5,36

Dólar Canadense/Real Brasileiro

R$ 3,77

Libra Esterlina/Real Brasileiro

R$ 6,46

Peso Argentino/Real Brasileiro

R$ 0,01

Bitcoin/Real Brasileiro

R$ 338.563,00

Litecoin/Real Brasileiro

R$ 419,99

Euro/Real Brasileiro

R$ 5,52

Clima

Segunda
Máxima 25º - Mínima 20º
Céu nublado com chuva fraca

Terça
Máxima 24º - Mínima 18º
Céu nublado com aguaceiros e tempestades

Quarta
Máxima 22º - Mínima 13º
Períodos nublados

Quinta
Máxima 22º - Mínima 10º
Céu limpo

Sexta
Máxima 23º - Mínima 11º
Céu limpo

Sobre os cookies: usamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.