Notícias

Quase 80% das mortes em rodovias estaduais da região envolvem motociclistas

A Polícia Militar Rodoviária tem analisado acidentes com mortes e vítimas graves para políticas efetivas de prevenção

Quase 80% das mortes em rodovias estaduais da região envolvem motociclistas
Foto: Corpo de Bombeiros

A campanha Maio Amarelo teve início no dia (1º) com o tema “Respeito e Responsabilidade: pratique no trânsito”. O objetivo é promover a empatia e a humanização das estatísticas de acidentes de trânsito e chamar atenção sobre como a impaciência e a intolerância refletem nas atitudes das pessoas quando estão dirigindo.

O movimento Maio Amarelo nasceu em 2014 e fomenta uma ação coordenada entre o poder público, iniciativa privada e sociedade civil para discutir o tema segurança viária com o objetivo de reduzir os acidentes e mortes no trânsito. Apesar da redução do número de mortes nos últimos anos, o trânsito brasileiro ainda mata milhares de pessoas todos os anos. Em 2019, quando foi divulgado o último levantamento pelo Ministério da Saúde, foram mais de 31.945 vidas perdidas. Uma parcela desses números está na região Extremos Oeste de Santa Catarina, onde além da geografia acidentada com rodovias de poucos acostamentos, o descuido de motoristas influencia e muito no número de mortes na região.

Acidente com morte registrado recentemente em Campo Êre. Foto: Bombeiros 

“Grande parte das rodovias aqui do Extremo Oeste foram estruturadas em cima de estradas de chão abertas há muitos anos pelos colonizadores, foram asfaltadas, hoje são rodovias que possuem muitos trechos perigosos com aclives e declives com curvas fechadas, características essas que contribuem para acidentes. Já tivemos acidentes em curvas sinuosas em que a carga desprendeu do caminhão ocasionando óbitos, entre outros tipos de acidentes que ocorrem em virtude da rodovia. O comandante da PMRv destaca que o governo tem realizado estudos de reformas de rodovias na região”, afirma o comandante da 3ª Cia do 2º Batalhão da Polícia Militar Rodoviária de Iporã do Oeste, Capitão Deiber Haefliger.

Analisando a geografia regional, o Capitão destaca que em boa parte das rodovias estaduais do Extremo Oeste há poucos lugares onde as ultrapassagens são permitidas e é aí que o condutor precisa ficar mais atento, saindo para as viagens com antecedência, para que o condutor possa viajar com tranquilidade, observando as leis de trânsito exercitando a direção defensiva.

O comandante da Polícia Militar Rodoviária, Deiber Junior Haefliger

“Sempre que for fazer uma viagem é preciso planejar um tempo seguro de deslocamento, uma vez que as principais causas de acidentes com mortes ou maior gravidade se dá devido ao excesso de velocidade, ultrapassagens forçadas em locais indevidos, embriaguez ao volante e falta de manutenção do veículo”, diz o Capitão Haefliger. 

Celular e volante

Outro grande provocador de acidentes nos últimos anos tem sido o uso de celular ao volante isso tira a atenção do motorista e provoca acidentes consideráveis.

O uso de celular ao volante dá multa até mesmo se o veículo estiver parado no semáforo. A infração pode causar acidentes e render sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A recomendação é que o condutor que precisa fazer ou atender uma ligação importante é simples: estacione o veículo em local permitido e faça uso do celular. Dessa forma, não há infração ou risco para a segurança do próprio motorista e de terceiros.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB):

Art. 252. Dirigir o veículo:V – com apenas uma das mãos, exceto quando deva fazer sinais regulamentares de braço, mudar a marcha do veículo, ou acionar equipamentos e acessórios do veículo;VI – utilizando-se de fones nos ouvidos conectados a aparelhagem sonora ou de telefone celular;Infração – média; Penalidade – multa. Parágrafo único. A hipótese prevista no inciso V caracterizar-se-á como infração gravíssima no caso de o condutor estar segurando ou manuseando telefone celular.

Jovens e motos

Capitão Deiber ainda informa que acidentes com motos são muito recorrentes em toda a região, principalmente com condutores mais jovens.

“Temos dois tipos de acidentes: jovens sem medo do perigo, que gostam de velocidade, vão pra rodovia e acabam perdendo a vida e também acidentes de desatenção e descuido por parte dos motociclistas. Pra gente ter ideia, em um ano as mortes de motoqueiros representaram quase 70 a 80% dos óbitos registrados em nossas rodovias”, diz Deiber.  

Acidente registrado em Descanso, uma pessoa morreu em novembro de 2020 

Operação Salvando Vidas

A Polícia Militar Rodoviária de Santa Catarina também tem promovido nos últimos meses a Operação Salvando Vidas, que se trata de uma análise dos acidentes com mortes e vítimas graves nas rodovias do estado nos anos de 2019 e 2020. A intenção é identificar as principais causas de acidentes para então atuar na prevenção efetiva de acidentes. Um dado concreto é que boa parte dos acidentes são aqueles envolvendo motos, então a PMRV intensificará os trabalhos de conscientização com palestras, principalmente em indústrias da região onde há inúmeros trabalhadores que utilizam da moto para ir ao trabalho.  

“Dentro dessa operação em que estamos fazendo as analises das causas destes óbitos iremos identificar qual rodovia, determinado trecho e se caso identificarmos ali falta de sinalização isso é comunicado a Secretária de Estado da Infraestrutura pra que resolva o problema. Se a causa é embriaguez, analisamos os horários das ocorrências, pra saber se há no local casas de shows, bares etc. para que possamos focar operações em relação a embriaguez ao volante. Se é em relação ao excesso de velocidade, estudamos o horário com maior movimento e índice de acidentes para que também possamos realizar operações de fiscalização com radar. Se o problema é com curvas, fazemos o contato com os engenheiros da Secretária da Infraestrutura para que haja readequação e também vamos estudar como iremos entrar na questão da educação. Temos projetos aí para o futuro pra formular e colocar em prática como uma espécie de escolinha de trânsito que visa ministrar palestras e aulas para crianças em relação ao trânsito, com informações básicas e noções mais complexas”, diz Haefliger.

----------------------

Envie sua sugestão de conteúdo para a redação:
Whatsapp Business PORTAL SMO NOTÍCIAS (49) 9.9979-0446 / (49) 3621-4806

Cotações

Dólar Americano/Real Brasileiro

R$ 5,20

Dólar Americano/Real Brasileiro Turismo

R$ 5,62

Dólar Canadense/Real Brasileiro

R$ 4,15

Libra Esterlina/Real Brasileiro

R$ 7,23

Peso Argentino/Real Brasileiro

R$ 0,05

Bitcoin/Real Brasileiro

R$ 198,73

Litecoin/Real Brasileiro

R$ 720,91

Euro/Real Brasileiro

R$ 6,17

Clima

Publicidade Interna Lateral Pequeno