Portal TV

Barracão - Casal vive aprisionado sem cometer crime algum, o motivo? Furtos constantes em sua propriedade

Aprisionados em casa e sem cometer crime algum, assim vive seu Nilo Musa 70 anos e dona Terezinha Musa 70 anos, moradores da comunidade de São Roque, interior do município de Barracão/PR.

Há cerca de 10 anos o casal de idosos vem sofrendo com diversos furtos em sua propriedade rural. O último ocorreu na quinta-feira (8) de abril, onde duas novilhas da raça Jersey, 10 meses cada, com peso aproximado de 120 kg e pelagem amarelada foram levados por ladrões de gado, no local havia quatro novilhas, sendo que, os criminosos conseguiram levar duas na ação criminosa.

Não é a primeira vez que seu Nilo Musa vivencia essa situação, somando esses dois animais, o número de cabeças de gado furtado em sua propriedade chega a sete, prejuízo imensurável ao agricultor que já não sabe mais o que fazer. Segundo ele relatou a nossa equipe, diversos animais subtraídos da propriedade estavam em ponto de carnear para o consumo, principalmente em datas especiais, como final do ano e aniversário, porém para a tristeza do homem do campo, os animais eram furtados, dessa forma seu Nilo, além de ter o prejuízo, tinha que comprar outro animal para consumo.

Diante disso fomos até a propriedade do casal, a fim de ouvir e dar voz para que elas relatassem o que está acontecendo e provocando diversos aborrecimentos aos mesmos.

Como de costume do pessoal do campo, fomos bem recepcionados, e durante a nossa conversa, novos fatos foram expostos pelos idosos. Coforme seu Nilo eles vivem no paraíso, porém os últimos acontecimentos estão deixando o casal triste, pois se não bastasse o furto de gado. Os idosos nem sequer podem sair de casa, pois se não corre o risco de voltar e não encontrar mais nada, como já aconteceu, foram furtados diversos objetos, segundo a Dona Terezinha, quando isso ocorreu foi levado mais de 20 dias para saber tudo o que foi furtado, pois o bandidos reviraram a casa de ponta cabeça. Viajar? Só se deixar alguém cuidando da casa, se não é prejuízo na certa. Nem o mandiocal passou ileso, onde em uma noite marginais furtaram mais de 400 kg de mandioca.

Dessa forma os agricultores fazem um apelo por mais segurança, pois não aguentam mais serem vítimas dos criminosos.

Mesmo passando por todos esses problemas o casal não deixa de sorrir e sonhar por dias melhores, pois vivem em um lugar lindo, rodeados de animais, mas carregam a incerteza do amanhã, pois a cada furto é um pedaço da família que se vai, o suor do trabalho duro e a tristeza de não poder fazer nada, como seu Musa disse, "me sinto de mão amarradas, e isso é que mais me machuca".

Estaremos acompanhando o caso, e torcendo para que seja solucionado.

 

Everson Coutinho/Portal Tri 

Cotações

Dólar Americano/Real Brasileiro

R$ 5,34

Dólar Americano/Real Brasileiro Turismo

R$ 5,62

Dólar Canadense/Real Brasileiro

R$ 4,22

Libra Esterlina/Real Brasileiro

R$ 7,30

Peso Argentino/Real Brasileiro

R$ 0,05

Bitcoin/Real Brasileiro

R$ 230,90

Litecoin/Real Brasileiro

R$ 818,65

Euro/Real Brasileiro

R$ 6,25

Clima

Sábado
Máxima 24º - Mínima 9º
Períodos nublados

Domingo
Máxima 29º - Mínima 12º
Céu limpo

Segunda
Máxima 30º - Mínima 15º
Céu limpo

Terça
Máxima 30º - Mínima 18º
Céu nublado com aguaceiros e tempestades

Quarta
Máxima 25º - Mínima 16º
Céu nublado com chuva fraca