Portal TV

Campo - Dia mundial da água: conheça tecnologias da Epagri que preservam o recurso

Preservar água é uma prioridade da Epagri, uma vez que o recurso natural é indispensável à vida e, consequentemente, para a agricultura. São várias alternativas que nossos profissionais criaram, adaptaram ou difundem para permitir a abundância de água nas propriedades rurais familiares, sem grandes investimentos e com garantia de sustentabilidade ambiental.

Proteção de fonte

proteção de fonte modelo Caxambu surgiu no final da década de 1980 no município de Caxambu do Sul. Foi um trabalho conjunto entre extensionistas da Epagri, o geólogo Mariano José Smaniotto, a prefeitura local e agricultores. Além da colocação ordenada dos materiais na fonte previamente limpa, o modelo tem como importante diferencial a proteção do entorno, que deve ser isolado com cerca e mantido com vegetação para garantir a qualidade da água captada. O trabalho está disseminado por todo o Estado.

Leandro Nestor Hübner, extensionista rural da Epagri em Princesa, conta que a proteção e abertura de fontes, bem como a canalização delas, são ações históricas da extensão. “Com isso, nós temos ajudado muitos produtores a preservar as nascentes, trabalhar com elas de uma forma mais racional, evitando contaminação e tendo água de boa qualidade para oferecer tanto para a família quanto para os animais”.

Márcio Markus, agricultor em Princesa, já ajudou a fazer várias proteções de fontes modelo Caxambu, duas em sua propriedade e pelo menos três comunitárias. “Isso é um trabalho que é feito para o resto da vida”, afirma o agricultor, completando que na sua propriedade tem uma há 12 anos e uma das comunitárias foi construída há quase 20 anos. “É sempre a mesma água, bem protegida, a gente consegue captar toda a água sem perder nada e com uma qualidade excelente”, atesta.

O casal Silvana Ludwig Ross e Círio Ross, de Dionísio Cerqueira, se orgulha de ter em sua propriedade uma fonte que atende 60 famílias. Com a estiagem que atingiu Santa Catarina ano passado, as pior dos últimos 50 anos, surgiu a oportunidade de perfurar um poço. Em Anita Garibaldi, no reassentamento Santa Catarina, o agricultor Adão Lesa teve uma fonte protegida pelo modelo Caxambu há dez anos, que atende cinco famílias para consumo humano e animal. Ele conta que mesmo na estiagem “a água escorre à vontade”.

A extensionista social Lilian Sbecker, que atua no escritório municipal da Epagri em Capão Alto, explica que a proteção de fontes garante água em abundância e limpa para as famílias rurais, mesmo em períodos de escassez. É o caso da Lucilene de Moraes e Claudio Moraes de Córdova, que trabalham com pecuária mista e lavoura de milho na comunidade de Fazenda dos Moraes. Cláudio relata que depois de três meses sem água durante a estiagem do ano passado, eles procuraram a Epagri para saber o que seria viável para obter água pura para consumo. Segundo Lucilene, foi providenciada a proteção de fonte e instaladas duas caixas de 2 mil litros para armazenamento e distribuição. “Não faltou mais água, graças a Deus e à Epagri”, afirma a agricultora.

O município de Frei Rogério é outro em que a Epagri vem atuando há anos na construção de proteção de fontes modelo Caxambu. Veneranda Faquin Filon, agricultura, secretária municipal de saúde e vereadora por dois mandatos no município, diz que mais de 60 fontes já foram protegidas, alcançando mais de 150 famílias, que hoje têm água em abundância.

Cotações

Dólar Americano/Real Brasileiro

R$ 5,29

Dólar Americano/Real Brasileiro Turismo

R$ 5,62

Dólar Canadense/Real Brasileiro

R$ 4,15

Libra Esterlina/Real Brasileiro

R$ 7,22

Peso Argentino/Real Brasileiro

R$ 0,05

Bitcoin/Real Brasileiro

R$ 173.947,20

Litecoin/Real Brasileiro

R$ 862,13

Euro/Real Brasileiro

R$ 6,19

Clima

Quinta
Máxima 24º - Mínima 13º
Céu nublado com aguaceiros e tempestades

Sexta
Máxima 20º - Mínima 13º
Céu nublado com chuva fraca

Sábado
Máxima 23º - Mínima 10º
Períodos nublados

Domingo
Máxima 28º - Mínima 11º
Céu limpo

Segunda
Máxima 30º - Mínima 14º
Céu limpo